Porto Ferreira recebe a comédia popular "Nau dos Loucos" e oficina neste sábado

Neste sábado (24/02) o Grupo de Teatro Pepitos apresentará a comédia “Nau dos Loucos”, no Anfiteatro Isaltino Casemiro, em Porto Ferreira, a partir das 19h30. Escrita pelo premiado Luís Alberto de Abreu, a obra utiliza-se da comédia épica e popular para trazer olhares críticos à história brasileira, seus processos de colonização (do imperialismo à globalização), injustiças sociais e loucuras cotidianas do mundo contemporâneo.

No mesmo dia, no período da tarde, o grupo ainda promove uma oficina de criação teatral com base na partilha e fortalecimento de narrativas pessoais dos próprios participantes. Ambas as atividades são gratuitas e este é mais um projeto aprovado pelo ProAC (Programa de Apoio à Cultura) da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, em parceria com a Prefeitura local.

Sinopse

Na trama de “Nau dos Loucos”, um nórdico imperialista e um índio ciclotímico, desiludidos e sem perspectivas, vivem sua saga cômica ao embarcarem na mítica nau dos loucos que desce o rio Reno recolhendo os loucos das cidades europeias. Por loucos, entendem-se, todas aquelas pessoas e figuras rejeitadas de que as sociedades queriam se livrar. Por meio do riso e comicidade, a fábula estimula uma aproximação e identificação do público com a história do Brasil em meio a seus recortes de sociedades, costumes, crenças, preconceitos, arbitrariedades, intolerâncias e insanidades.

“Ao ver uma nau dos loucos, nosso primeiro reflexo seria nos assustar, ter medo. Será que a nau vai me levar? Será que eu sou um rejeitado, um excluído? Mas num segundo momento, vemos que, muitas vezes, queremos fugir da vida que já levamos, do lugar em que estamos. Deste modo, a Nau dos Loucos se torna um lugar em que tudo é permitido, onde não há regras. Um verdadeiro reduto da liberdade”, explica a diretora do espetáculo, Luara Pepita.

O grupo ainda destaca em sua obra e trabalho continuado de pesquisa grande atenção ao papel e potencial da narrativa dentro do teatro. Assim, o público pode observar, em “Nau dos Loucos”, diferentes instâncias narrativas, o valor de se contar a história não apenas por meio da interpretação, mas também no uso plural dos objetos, cenários e adereços, bem como troca de personagens, partituras corporais por vezes acrobáticas. “É um grande mix: corpo, acrobacia, voz, canto, música, interpretação, narração, multissignificação”, pontua Luara.

Após a apresentação de “Nau dos Loucos”, o grupo promoverá uma conversa com o público para dividirem impressões, entendimentos e pontos de vista sobre o espetáculo e as provocações que ele traz.

Oficina de Criação Teatral

Intitulada “MeContaQueEuTeConto”, a oficina de teatro visa reacender o valor das narrativas. No encontro, os participantes serão estimulados a contar histórias e dividir experiências, de forma livre, ancestral, em roda. Na sequência, serão realizadas dinâmicas e jogos para transpor essas histórias para a cena, transformando-as em teatro.

A oficina é gratuita e aberta a pessoas de todas as idades – crianças, jovens e adultos. Para melhor atender todos os interessados, a oficina tem o limite de até 30 participantes. Para se inscrever, basta contatar o grupo via mensagem inbox, na fan page (Facebook) do Grupo de Teatro Pepitos ou por meio da Secretaria de Cultura local, pelo telefone 3585-5700.

Serviço:

Peça “Nau dos Loucos”.

Data: 24/02 (sábado). Horário: 19h30

Local: Anfiteatro Isaltino Casemiro

Endereço: Av. Engenheiro Nicolau de Vergueiro Forjaz , s/nº – Porto Ferreira (SP).

Duração: 80 min. Classificação: 12 anos

Grátis

OFICINA ‘MeContaQueEuTeConto’

Data: 24/02. Horário: 15h às 17h

Local: Praça Cornélio Procópio – Porto Ferreira/SP

Classificação: Livre

Inscrições: Por meio de mensagem inbox, na fan page (Facebook) do Grupo de Teatro Pepitos ou na Secretaria de Cultura.

Grátis.