Beneficiários do Bolsa Família devem realizar pesagem em Unidades de Saúde a cada 6 meses

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Porto Ferreira reforça o alerta para que os beneficiários do Programa Bolsa Família realizem a pesagem a cada 6 meses. O descumprimento dessa medida pode causar problemas no pagamento do Bolsa Família e até gerar seu cancelamento.

O procedimento pode ser feito em qualquer Unidade de Saúde. O objetivo da pesagem é realizar o acompanhamento do estado nutricional dos beneficiários do Bolsa Família.

A pesagem é um dos requisitos obrigatórios para a manutenção do benefício e precisa ser cumprida duas vezes por ano, sendo uma no primeiro e outra no segundo semestre.

Devem ser pesadas crianças de até 7 anos de idade, mulheres de 14 a 44 anos e gestantes.

Os outros requisitos são: manter atualizado o calendário de vacinação das crianças de 0 a 7 anos; matricular crianças e adolescentes de 6 a 17 anos na escola; frequência escolar mínima de 85% (alunos de 6 a 15 anos) e 75% (16 a 17 anos); recadastramento dos dados a cada dois anos no Terminal Central ou no Centro de Referência (Cras) em Assistência Social, dependendo do endereço em que o beneficiário reside.

Caso o beneficiário não realize a pesagem, está sujeito às seguintes medidas:

•  Advertência: a família é comunicada de que algum integrante deixou de cumprir condicionalidades, mas não deixa de receber o benefício.
•  Bloqueio: o benefício fica bloqueado por um mês, mas pode ser sacado no mês seguinte junto com a nova parcela.
•  Suspensão: o benefício fica suspenso por dois meses, e a família não poderá receber os valores referentes a esse período;
•  Cancelamento: a família deixa de participar do PBF.

Segundo a Secretaria de Saúde, muitos inscritos continuam faltando nos períodos em que deveriam realizar a pesagem e a medição da altura dos pacientes.