Coronavírus: Exame de idosa de 64 anos que morreu no domingo deu negativo

A Vigilância Epidemiológica de Porto Ferreira recebeu o primeiro resultado dos casos suspeitos para coronavírus que estão em análise no Instituto Adolfo Lutz. A idosa de 64 anos, que morreu no último domingo (22/03), teve resultado negativo para a covid-19.

A mulher tinha histórico de DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica) e deu entrada no Hospital Dona Balbina em estado crítico. Ela não fazia parte dos casos suspeitos até então registrados pela VE, mas, conforme determina protocolo do Ministério da Saúde, todo óbito resultante de doença respiratória deve ser feita a coleta para o novo coronavírus.

O Instituto Adolfo Lutz ainda analisa outros 15 testes, sendo 5 pacientes que apresentaram sintomas e retornaram de viagem fora do país; 8 profissionais de Saúde; uma morte em paciente de 95 anos não internada; e uma criança que ficou internada, mas já teve alta hospitalar.

Além disso, segundo boletim divulgado ontem pela VE, existem 51 casos informados de pessoas com síndrome gripal.

Segundo determinação do Ministério da Saúde, só serão submetidos ao teste para o novo coronavírus os pacientes em estado grave e profissionais de Saúde com sintomas de gripe. Os demais casos que apresentarem “síndrome gripal”, mas não precisarem de internação, serão tratados com esta denominação.

O prefeito Rômulo Rippa informou que o comitê de enfrentamento da covid-19 deve se reunir novamente no início da semana para avaliar os primeiros resultados de exames. Na oportunidade, também será avaliada a eficácia das primeiras medidas tomadas em relação ao funcionamento de estabelecimentos comerciais e empresas, entre outros assuntos pertinentes.

Por enquanto, ficam mantidas as orientações anteriormente divulgadas: só saia de casa em extrema necessidade, principalmente idosos e grupo de risco.