Coronavírus: Secretaria de Saúde encontra dificuldade para aquisição de equipamentos de proteção

Um dos grandes desafios impostos pela pandemia do novo coronavírus aos governos nas esferas federal, estadual e municipal é a aquisição de equipamentos de proteção individual, os chamados EPIs, para serem utilizados pelos servidores que estão na linha de frente do combate à covid-19.

Em Porto Ferreira não está sendo diferente. A Secretaria de Saúde relatou dificuldades para aquisição de materiais como máscaras cirúrgicas, aventais descartáveis, álcool em gel 70%, alcool 70%, papel lençol e luvas de procedimento.

Há alguns dias, por exemplo, foi realizada dispensa de licitação para aquisição de 20 mil máscaras cirúrgicas por meio de uma empresa especializada em materiais hospitalares, no valor de R$ 72 mil. Porém, a empresa não conseguiu realizar a retirada na importadora. Assim, a Secretaria de Saúde vai cancelar o empenho e está em contato com outros fornecedores na tentativa de aquisição.

Além disso, houve um pregão para registro de preços de materiais de enfermagem, o qual incluía os itens de prevenção, mas o certame deu fracassado, ou seja, houve interessados no processo licitatório, mas que não preenchiam os requisitos necessários, sendo portanto inabilitados ou desclassificados.