Covid-19: com aumento de 70% nos casos, município intensifica a fiscalização
Quantidade de positivos para covid-19 em 2021 por semana

A Secretaria de Saúde de Porto Ferreira divulgou nesta terça-feira (23/03) novos dados preocupantes sobre a pandemia de covid-19 no município. Em apenas uma semana o número de casos confirmados teve um aumento de praticamente 70%. Foram 64 registros positivos na semana de 7 a 13 de março, e 107 na semana seguinte (14 a 20/03).

A preocupação é porque não há mais leitos de internação em UTI covid-19 na região. Há de se considerar também que os leitos de enfermaria covid-19 estão com um número de pacientes superior às médias de internação dos meses anteriores e que, em sua maioria, estão evoluindo para necessidade de ventilação mecânica. Isto é, necessitam de leitos em UTI, cuja lotação está em 100% (sem vaga).

Diante da situação crítica, o prefeito Rômulo Rippa determinou uma fiscalização mais intensiva para que sejam seguidas as normas da fase emergencial do Plano São Paulo de enfrentamento, que restringe diversas atividades com o objetivo de desacelerar a transmissão do coronavírus.

“Apesar de todos os pedidos e das notícias negativas sobre a evolução da pandemia neste momento em todo o país, muitos ainda não estão cumprindo as regras da fase emergencial. Assim, iremos intensificar a fiscalização e solicitar mais uma vez a colaboração de todos. Precisamos baixar os números para poder fazer a retomada segura”, declarou o prefeito Rômulo Rippa.

De acordo com a Secretaria de Saúde, no dia de ontem havia nas cidades que formam a Diretoria Regional de Saúde de Araraquara (DRS-III) um total de 51 pacientes precisando de leitos de UTI ou enfermaria. Destes, 41 solicitações são fichas de Síndrome Gripal (SG). Das SG, 34 casos estão aguardando UTI (um deles sendo paciente de Porto Ferreira) e 7, enfermaria.