Depois de atingir 75% de tratamento, BRK Ambiental quer cobrar 100% de esgoto
BRK Ambiental - Unidade Porto Ferreira (SP)

A reportagem do Jornal do Porto apurou que a concessionária de água e esgoto do município, BRK Ambiental, enviou solicitação à Agência Reguladora de Porto Ferreira (ARPF) para cobrar 100% da tarifa de esgoto nas contas. Atualmente, a concessionária cobra 75% que é referente ao percentual oficialmente tratado pela BRK.

O pedido de aumento no valor da cobrança referente à taxa de esgoto foi analisado pelas áreas jurídica e financeira da ARPF e um despacho deveria ser enviado à concessionária pelo superindendente Élcio Arruda, acatando ou não a solicitação.

De acordo com uma fonte ouvida pela reportagem, houve uma queda nas receitas da BRK. Ao mesmo tempo houve um aumento nas despesas e isto teria afetado o equilíbrio financeiro contratual.

Diante deste cenário, a concessionária teria solicitado o aumento no percentual da tarifa de esgoto, uma vez que a tarifa de água sempre foi cobrada em 100%. No entanto, apesar da suposta queda de receitas e aumento nas despesas, o investimento da BRK em obras e melhorias também estaria muito abaixo do que foi estipulado em contrato.

A saída para o impasse pode ser, inclusive, a contratação de uma consultoria especializada para analizar a situação do equilíbrio econômico-financeiro da concessão.

Saiba mais sôbre o tratamento na matéria impressa do Jornal do Porto - circulação 28 de dezembro de 2018 - Especial de Ano Novo.