Descida de boia no rio Moji-Guaçu acontece neste sábado
Descida de boia no rio Moji-Guaçu em 2016

Evento tradicional dos municípios de Pirassununga e Porto Ferreira, a 23ª descida de boia no rio Moji-Guaçu acontece na manhã deste sábado (28/01) e tem entre os organizadores a Associação dos Canoeiros.

A entidade solicitou o apoio da Prefeitura de Porto Ferreira, que vai colaborar com algumas ações, como presença da Guarda Municipal, limpeza de toda a Área de Lazer João Ferreira, entre outras.

A saída acontece no distrito de Cachoeira de Emas, em Pirassununga. E a chegada é na Área de Lazer João Ferreira, ao lado da ponte metálica, em Porto Ferreira. Devido à cheia do rio Moji-Guaçu, o percurso não deve demorar a ser percorrido.

O objetivo da descida de boia, além de proporcionar momentos de lazer, é chamar a atenção para a importância da preservação do Moji-Guaçu.

Cuidados - Em caso de tempo bom ou mesmo mormaço, todos devem tomar cuidados com a pele. Pela intensa exposição, recomenda-se o uso de protetor solar, inclusive labial, óculos escuros, chapéu e cantil com água. Os organizadores também alertam para o perigo quanto ao consumo em excesso de bebidas alcoólicas antes e durante a descida.

Outras precauções também são importantes.

Para participar do evento é preciso, antes de tudo, saber nadar. E, mesmo sabendo, devem ser usados coletes salva-vidas e capacetes tipo bike. A boia não pode estar muito cheia para não estourar ao esbarrar em galhos. Devem, também, por razões de segurança, estar amarrada ao braço por uma corda ou cordelete, para que não se perca nas corredeiras.

Recomenda-se que os participantes não desçam o rio em boias presas umas às outras. Quaisquer obstáculos - galhos secos, raízes, etc. - em meio à força das corredeiras, coloca em risco a vida das pessoas.

Todo praticante da descida de boia deve estar consciente de que não se pode jogar qualquer tipo de lixo no rio. Mas é sempre bom lembrar, que latinhas e garrafas de bebidas, copos, bitucas e embalagens de cigarro, tampinhas de garrafa, espetos de churrascos, frascos de protetor solar e outros detritos produzidos durante o passeio ecológico dever ser colocados em sacolas presos às boias ou dentro das canos que estarão acompanhando a descida.