Missa, cultos e eventos religiosos podem ser transmitidos por meios eletrônicos

O decreto municipal 1.286/2020, publicado no último sábado (21/03), suspende uma série de atividades no âmbito do município de Porto Ferreira.

Em seu artigo 3º, inciso VII, estabelece que estão suspensos até 5 de abril “as atividades de todas as igrejas, templos religiosos, lojas maçônicas e estabelecimentos similares que envolvam a reunião de pessoas independentemente de seu número, localizados na circunscrição do Município”.

Isso quer dizer que as missas e cultos religiosos não poderão ter público. No entanto, isso não impede que padres e pastores, por exemplo, com ajuda apenas de auxiliares diretos, em menor número possível, possam transmitir esses eventos por meio eletrônico, como rádio, TV ou redes sociais (internet).

“A própria Diocese de Limeira e a direção de muitas igrejas evangélicas estão orientando nesse sentido de evitar a aglomeração de seguidores nos templos neste período e transmitir missas e cultos por outros meios”, disse o prefeito Rômulo Rippa.

Igrejas e templos permanecem abertos para manifestações individuais de fé, mas sem aglomerações.