No Dia da Guarda Civil Municipal, prefeita entrega armas e parabeniza corporação
GCM De Gobbi, prefeita Renata Braga e coronel Roberto Diniz
Entrega de armas e homenagens pelo Dia da Guarda Civil Municipal, em Porto Ferreira.

A prefeita Renata Braga e o diretor do Departamento de Governo, coronel Roberto Antônio Diniz, participaram na tarde da última sexta-feira (10/10) de um evento em comemoração ao Dia Nacional das Guardas Civis Municipais, na sede da corporação.

A data nacional foi instituída pela lei federal nº 12.066, de 29 de outubro de 2009, referenciando a data de criação, no Rio de Janeiro, da Guarda Municipal, em 1931.

Na oportunidade, a prefeita cumpriu mais uma etapa no avanço da modernização dos equipamentos da GCM, quando fez a entrega de seis pistolas semiautomáticas, marca Taurus, calibre 0,380 mm, com capacidade de 20 tiros, melhorando assim a capacidade operacional e segurança dos guardas municipais. E, por meio de autorização do Exército Brasileiro, a GCM poderá adquirir mais 10 pistolas e duas espingardas calibre 12 futuramente.

Atualmente a GCM de Porto Ferreira conta com 29 integrantes, sendo dois femininos, e com adequados equipamentos, tais como: viaturas, armas de fogo, equipamentos de controle de distúrbios civis, tonfas, algemas, gás lacrimogênio e outros.

A Guarda Civil Municipal de Porto Ferreira foi criada em 17 de agosto de 1999, no primeiro mandato do ex-prefeito André Braga, completando em 2014, portanto, 15 anos de serviços prestados ao Município.

Conforme a lei federal nº 13.022, de agosto de 2014 (Estatuto Geral das GCMs), suas missões principais são: proteção dos bens, serviços e instalações públicas do município bem como o patrulhamento preventivo, preservação da vida, redução do sofrimento e diminuição das perdas, proteção dos direitos humanos fundamentais, do exercício da cidadania e das liberdades públicas, compromisso com a evolução social da comunidade e uso progressivo da força, atuando e colaborando diretamente na segurança pública no município, entre outras.

“Durante esses 15 anos tem sido relevante e significativo os serviços prestados pela nossa GCM, garantindo a segurança dos bens públicos, o funcionamento dos serviços públicos, além de colaborar diretamente com a segurança pública em nosso município, haja vista as 5.540 ocorrências realizadas em 2013, por exemplo, dentre essas 36 prisões em flagrante delito”, destacou Renata Braga.