Porto Ferreira não registra casos de dengue desde o mês de agosto

A Seção de Controle de Vetores da Secretaria de Saúde de Porto Ferreira informa a atualização dos casos de dengue notificados no município. A última confirmação ocorreu no mês de agosto, quando em todo o período foi confirmado apenas um caso. Em julho, foram dois casos. Em setembro e em outubro, até a presente data, não foi confirmado nenhum caso positivo. Existem apenas 5 suspeitas aguardando resultados de exames. O total no ano soma agora 234 casos.

Contudo, apesar dos números positivos, a Seção de Controle de Vetores ressalta a importância da manutenção das medidas preventivas em todos os imóveis, sejam residenciais, industriais, comerciais, públicos ou privados.

Deve-se lembrar que os recipientes depositados em locais que possam acumular água, principalmente aqueles dispostos ao relento que, em contato com água da chuva pode dar início a uma nova infestação de mosquitos Aedes aegypti, tendo em vista que os ovos do mosquito são de extrema resistência e podem suportar em um recipiente, sem ter entrado em contato com a água, entre 300 e 400 dias (cerca de 1 ano).

Pede-se à população que receba bem o agente de endemias, pois a equipe continua diariamente realizando as vistorias aos imóveis, removendo recipientes, orientando a população, mantendo as medidas preventivas de controle a fim de evitar novos surtos de casos de dengue no período em que se inicia a precipitação de chuvas e aumento do número de insetos vetores. Quanto maior for o índice de infestação de Aedes aegypti no município e nos imóveis, maior o risco de aumento em número de casos, frente às transmissões de dengue.

O agente sempre estará uniformizado com camiseta de manga longa, bolsa, boné e crachá com a identificação da Prefeitura de Porto Ferreira e do Controle de Vetores. Qualquer dúvida, o morador poderá solicitar a identificação do agente e entrar em contato diretamente no Controle de Vetores pelo telefone (19) 3581-2299, que será prontamente atendido.

Nesta primeira quinzena de outubro a equipe de endemias também realizou a coleta de larvas para a 4ª Avaliação de Densidade Larvária de 2020. Nos próximos dias, após a análise das amostras coletadas, será divulgado o índice do período.

 

Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos