Prefeito e presidente da ACEPF assinam pedido para revisão de restrições ao comércio
Leandro Gentina, presidente da ACEPF, e prefeito Rômulo Rippa com ofício à Facesp

O prefeito Rômulo Rippa e o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Porto Ferreira, Leandro Gentina, assinaram um ofício ao presidente da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Alfredo Cotait Neto, em que solicitam a intervenção do órgão junto ao Governo do Estado para que sejam promovidas algumas alterações quanto às restrições das atividades comerciais previstas no Plano São Paulo de combate à covid-19.

Leandro Gentina, presidente da ACEPF, e prefeito Rômulo Rippa com ofício à Facesp“Solicitamos para que seja discutida a possibilidade de flexibilização do Plano SP na fase vermelha, por meio da permissão para que o comércio possa realizar atendimento presencial precedido por agendamento e restrito a um cliente por profissional de atendimento a cada 30 minutos”, declarou o prefeito.

Rippa e Gentina reconhecem na Facesp “a legitimidade e força necessárias” para representar o pedido. Ressaltam que não pretendem desrespeitar a priorização da ciência, da Medicina e do valor da vida humana, “mas reconhecer que o trabalho realizado dentro de normas sanitárias rígidas, também, é essencial para não aprofundar ainda mais a crise social gerada pelo desemprego”.

“O Comitê de Contingenciamento Estadual tem dado atenção a atividades que geram circulação de pessoas e são socialmente relevantes, como as religiosas e aquelas vinculadas ao setor de Educação. Assim, acreditamos que existe a possibilidade de reestudar as atividades comerciais, dentro de normas sanitárias rígidas, pois também são muito importantes para grande parcela da população”, concluiu Rômulo Rippa.